segunda-feira, 15 de março de 2010

HOMENAGEM A MINHA MÃE


video
Na plenitude de uma mulher,
Como se fosse
um misto de flor e de fruta,
um semblante majestoso,
Uma estrela universal,
uma purificada rosa,
uma abençoada maçã...

Em campos
cobertos de lírios,
tuas dores,
teus delírios
são preces,
são ensinamentos registrados
em cada fio de cabelo prateado.

Eu sou o fruto primogênito,
do teu ventre, mãe universal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário